Sobre o Curso

Também conhecida como Terapia Manual Intramuscular (TMI), no Brasil ainda é pouco conhecida, mas está ganhando 
cada vez mais adeptos. Trata-se de uma técnica que utiliza o “agulhamento seco”, sem nenhuma medicação, 
em pontos anatômicos específicos no tratamento da dor miofascial. Pode ser empregado no 
tratamento de diversos distúrbios musculares locais, como: torcicolos, trigger points, 
síndrome miofascial, cefaleia tencional, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciatalgias e 
também dores articulares do esqueleto apendicular.
Data de Início: 29/01/20

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Requisitos

  • Investimento

    O investimento é de R$ 760,00 parcelados em até 04x no cartão, ou R$ 680,00 à vista. Para alunos e ex-alunos o investimento é de R$ 680,00 parcelados em até 04x no cartão.
  • DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

    Documentação:
    - Cópia do CPF;
    - Cópia do RG;
    - Cópia simples do comprovante de escolaridade;
    - Cópia do comprovante de residência;
    - 01 foto 3x4 recente;
  • CARGA HORÁRIA

    Carga Horária:
    20 horas/aula
  • DISCIPLINAS

    Evolução Histórica da Técnica
    Acupuntura X Agulhamento Seco
    Indicações Clínicas
    Contra Indicações Absolutas
    Contra Indicações Relativas
    Cuidados com Estruturas Anatômicas
    Conceitos de Dor
    Classificação e Tipos de Dor, Sensibilidade e Tipos de Fibras
    Neurofisiologia da Dor
    Efeitos Fisiológicos do Agulhamento
    Importância da Fáscia e Tensegridade
    Instrumentos de Avaliação de Dor
    Abordagem Integrativa na Avaliação da Dor
    Síndrome Dolorosa Miofascial
    Epidemiologia, Fisiopatologia e Características
    Pontos Gatilhos Miofasciais ( Conceitos,Tipos, Natureza)
    Local Twitch Response ( LTR )
    Diagnóstico Diferencial X Fibromialgia X SDM
    Escolha da Agulha e Tamanho Adequado
    Técnicas de Agulhamento ( Dinâmica com Prática )
    Técnicas, Ângulos, Profundidade do Agulhamento e Manipulação
    Técnicas para Retirada da Agulha
    Tipos de Agulhamento: Supercial, Profundo e Manipulativo
    Vantagens e Desvantagens do Agulhamento Supercial e Profundo
    Frequência do uso da Técnica
    Número de Pontos a Serem Agulhados

    CABEÇA E PESCOÇO
    Esternocleidomastoideo; 
    Escalenos; 
    Pterigóideo Medial; 
    Pterigóideo
    Lateral;
    Frontal; 
    Temporal;
    Masseter;
    Subocciptais;
    Espinhais; 
    Aplicação Especial Avançado na Articulação TemporoMandibular.

    TRONCO (VENTRAL)
    Peitoral Maior; 
    Peitoral Menor; 
    Serrátil ;
    Subclávio; 
    Reto Abdominal;
    Oblíquos Abdominais, Aplicação Especial Avançada em Iliopsoas

    TRONCO (DORSAL)
    Trapézio, Grande Dorsal, Levantador da Escápula, Supra Espinhoso,
    Infraespinhoso, Subscapular, Romboides, Redondo Maior e Menor;
    Paravertebrais, Aplicação Especial Avançado em em Quadrado
    Lombar e Multífidos e Articulação SacroIlíaca.

    MEMBRO SUPERIOR
    Deltoide, Bíceps; 
    Flexores e Extensores de Punho/Dedos; 
    Interosseos 

    MEMBRO INFERIOR
    Quadríceps, Isquiotibiais, Adutores, Gluteos, TFL, Tríceps Sural, Tibial
    Ant/Post; 
    Fibular Longo/Curto. 
    Plantar e Interosseos. 
    Aplicação Especial Avançado em Tendão Patelar, Calcâneo e Piriforme

    TÉCNICAS ASSOCIADAS
    Mobilização Tecidual ( IASTM) ; Ventosa , UltraSom , Laser, Eletro
    Estimulação com Agulhas ( ELETRODRYNEEDLING) parâmetros
    sugeridos baseados em evidências.

    SUGESTÕES DE APLICAÇÃO EM PATOLOGIAS
    Dor de Cabeça; 
    Síndrome do Impacto; 
    Ombro Congelado; 
    Epicondilite ;
    Síndrome do Túnel do Carpo; 
    Síndrome de Dequervain; 
    Síndrome do
    Desfiladeiro Torácico, Ciatalgia; 
    Bursiste Trocantérica; 
    Aplicação Especial em Cicatriz e Feridas;
    Aplicação Especial em Neurologia (Espasticidade e Doença de Parkinson).
     
  • OBJETIVOS

    Entender a neurofisiologia da dor, e da dor Miofascial, identificar e tratar de forma segura os 
    Trigger Points (Pontos Gatilhos) de mais de 40 músculos, por meio da técnica de Dry Needling. 
    Conhecer os conceitos básicos da Acupuntura Tradicional Chinesa e diferencia-la do Dry Needling. 
    Capacitar o aluno no manuseio do agulhamento a seco no tratamento dos trigger points 
    e pontos de tensão, assim como espasmos musculares locais.
    A atuar na prática do agulhamento seco para tratamento de pontos-gatilho, miofasciais, 
    bem como estados de tensão e espasmos musculares.
     
  • CAMPO ATUAÇÃO

    Clínicas, spas, centros de estética, espaços terapêuticos...
     
  • PÚBLICO ALVO

    Fisioterapeutas, Acupunturistas, Massoterapeutas, Quiropraxistas, Profissionais da área da saúde e Acadêmicos.
  • CERTIFICAÇÃO

    Qualificação Profissional

Atendimento

Seg à Sex

07:30 - 12:00    14:00 - 17:00

Sábado

08:00 - 12:00